Música na Quinta | JUL · DEZ 2021

Música na Quinta | JUL · DEZ 2021
LOCAL: Palácio da Quinta da Regaleira, exceto quando indicado ACESSO: Incluído no bilhete de visita à Quinta da Regaleira
MÚSICA
DATA: 04/07/202129/12/2021 HORÁRIO: Todos os domingos e datas especiais às 16h00

APENAS NOS RECITAIS INDICADOS
TRANSMISSÃO ONLINE nas seguintes plataformas digitais:
Página de Facebook da Quinta da Regaleira (facebook.com/quintadaregaleira)
Página de Facebook da Fundação Cultursintra FP (facebook.com/cultursintra)
Canal de YouTube da Quinta da Regaleira (youtube.com/quintadaregaleira)


PROGRAMA JUL - DEZ

4 JUL | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Erik Satie - Gymnopedies, Gnossiennes

Obra desprendida de qualquer ambição, funciona como papel de parede.
Esta confronta as criações de Wagner e os restantes estilos da época. Quase em divergência com o autor excêntrico e irónico, esta obra é limpa, emocionalmente expansiva.
No apartamento onde vivia juntamente com uma coleção de guarda-chuvas, muitos fatos de veludo cinzentos todos iguais, estavam dois pianos empilhados e amarrados por cordas, exteriorizando uma alienação condizente com as peças do programa.

--

11 JUL | Domingo 16h00
RECITAL DE CANTO E PIANO [ COM TRANSMISSÃO ONLINE ]
Pela soprano Florencia Ribero com a pianista Dana Radu
Música de câmara francesa e italiana

--

18 JUL | Domingo 16h00
RECITAL DE FLAUTA, VIOLONCELO E PIANO
Pelo Encarna(sons) Trio
Juliana Dias, flauta transversal
Alejandrina Ruiz, violoncelo
Rafael Araújo, piano

J. S. Bach (1685-1750) - Sonata em Mi m BWV 1034
F. J. Haydn (1732-1809) - Trio para piano em Ré M Hob. XV: 16
F. Kuhlau (1786-1832) - Grand Trio op.119

--

25 JUL | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Mozart - Sonata k331

Uma das mais interessantes e conhecidas sonatas de Mozart. Destaco o primeiro andamento constituído por tema e variações, com destreza, muita perícia e acima de tudo audácia subtil na forma de compor. Dispondo de um conjunto de recursos pianísticos extraordinariamente inovadores para a época. Nutrido de caracteres bem diferenciados.
No final uma “Alla Turca” a assemelhar-se com o som das bandas militares "Janízaras Turcas", com tímpanos, pratos, triângulos e bombos.

--

28 JUL | Quarta-feira 16h00
DIA MUNDIAL DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto

Debussy - Arabesques

De género impressionista, uma linhagem onde ouvimos a imagem e observamos o som. A arte visual francesa manifestada em sons e harmonias, prenúncio da “art déco”, herança de Eric Satie. Salienta-se a clareza de ideias num mosaico harmónico.

--

1 AGO | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Franz Liszt - Transcrições Lieder Schubert

--

8 AGO | Domingo 16h00, na Fonte da Abundância
CONCERTO DE GUITARRA CLÁSSICA
Pelo guitarrista João Loureiro
Apresentação do álbum "Familiar Faces", música original para guitarra clássica, cuja inspiração são os heróis menos celebrados das nossas vidas, a família e os amigos

--

15 AGO | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Beethoven - Sonata quase fantasia op.27 nº2 (sonata ao luar)

Beethoven chamou-lhe "quasi una fantasia". Uma fantasia de um (quase) surdo músico, onde a exposição sentimental e dramática privada, confronta sentimentos de prostração com indignação!
A génese do Romantismo e o final da submissão do gosto politizado dos mecenas da época. O encontro com o “Eu”, substituindo definitivamente um conceito estético mais artesanal, já embrionário nas suas anteriores peças.

--

22 AGO | Domingo 16h00
RECITAL DE CANTO E PIANO
Pela soprano Florencia Ribero com a pianista Dana Radu
Música de câmara francesa e italiana

--

29 AGO | Domingo 16h00
RECITAL DE FLAUTA E PIANO [ COM TRANSMISSÃO ONLINE ]
Pelo Le Coup Toucher
Juliana Dias, flauta transversal
Rafael Araújo, piano

Georges Enescu (1881-1955) - Cantabile et Presto
Mel Bonis (1858-1937) - Sonata para flauta e piano op.64
Darius Milhaud (1892-1974) - Sonatina
Gabriel Fauré (1845-1924) - Fantasia

Este recital pretende contribuir para o enriquecimento da construção holística da comunidade através da vivência musical. Criar texturas e imaginários capazes de transmitir estados oníricos e lombos entre o consciente e o subconsciente.
O universo sonoro manifesta-se através da expressão francesa, num corpo difuso entre o repertório romântico e o neoclássico, cujas características que compõem esta escrita englobam a sensibilidade das paixões humanas, o virtuosismo elegante alocada às expressões exóticas e hermenêuticas do século XX.

--

5 SET | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto

Schubert - Improvisos (primeiro caderno)

A obra de Franz Schubert (1797- 1828) possui, naquele que foi o seu contexto primeiro o aspecto que reforça essa medular humanidade; boa
parte da produção musical do compositor austríaco foi escrita em função de um grupo de amigos (poetas, músicos, e amadores esclarecidos), que se reuniam regularmente em animadas tertúlias que ficaram conhecidas, numa designação algo inexacta, como Schubertíadas.

--

12 SET | Domingo 16h00, no Portal dos Guardiães
CONCERTO DE GUITARRA CLÁSSICA
Pelo guitarrista João Loureiro
Apresentação de programa ibérico que incluirá música do álbum de João Loureiro e peças de Francisco Tárrega e Emílio Pujol.

--

19 SET | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Ravel - Bolero

--

26 SET | Domingo 16h00
RECITAL DE CANTO E PIANO
Pela soprano Florencia Ribero com o pianista Adriano Nogueira 
Célebres arias de ópera 

--

1 OUT | Sexta-feira 16h00
DIA MUNDIAL DA MÚSICA
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Famosas Transcrições para piano solo

--

3 OUT | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Schubert - Improvisos (segundo caderno)

A obra de Franz Schubert (1797-1828) possui, naquele que foi o seu contexto primeiro o aspecto que reforça essa medular humanidade; boa parte da produção musical do compositor austríaco foi escrita em função de um grupo de amigos (poetas, músicos, e amadores esclarecidos), que se reuniam regularmente em animadas tertúlias que ficaram conhecidas, numa designação algo inexacta, como Schubertíadas.

--

10 OUT | Domingo 16h00
A designar

--

17 OUT | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Beethoven - Sonata quasi una Fantasia op.27 nº1

--

24 OUT | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Beethoven - Sonata op.26

--

25 OUT | Segunda-feira 16h00
ANIVERSÁRIO DA MORTE DE CARVALHO MONTEIRO
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Chopin - Nocturnos

Com Chopin, os Nocturnos projectaram uma imagem nítida do potencial expressivo deste género até então pouco explorado. Sempre com base numa íntima ligação entre improvisação e composição, o autor descobriu nesta forma o veículo ideal para transmitir o máximo de expressão através da execução ao piano.

--

31 OUT | Domingo 16h00
A designar

--

1 NOV | Segunda-feira 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto

Franz Schubert - Sonata D960

Última obra de schubert e uma das mais geniais obras da história da música ocidental. Prenúncio de uma morte confiada, sem flagelo. Texto complexo de interpretar, pois encontramos, tecnicamente, muitas soluções de ruptura e continuidade e uma representação ambígua, onde o subsequente ao sucumbir tem um advento.

--

7 NOV | Domingo 16h00
25º ANIVERSÁRIO DA FUNDAÇÃO CULTURSINTRA
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Gershwin - Rhapsody in Blue

--

14 NOV | Domingo 16h00
A designar

--

21 NOV | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Beethoven - Sonata una fantasia op.27 nº1

--

27 NOV | Sábado 16h00
COMEMORAÇÃO DO NASCIMENTO DE CARVALHO MONTEIRO
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Mozart - Variações

--

28 NOV | Domingo 16h00
Não haverá apresentação de Música na Quinta

--

5 DEZ | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto

Tchaikovsky - Estações (doze peças inspiradas nos meses do ano)

--

6 DEZ | Segunda-feira 16h00
DIA MUNDIAL DO PATRIMÓNIO (Elevação Sintra a património mundial)
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Carlos Adolpho Sauvinet (1836-1905) - A Serra de Sintra
(Transcrição do compositor)

Nº1 - A SALA DOS CISNES

A - Introdução (allegro moderato - andante)
B - O Cortejo (allegro moderato)
Nº2 - O QUE DIZEM OS LADRILHOS

A - A Lamentação (andante sostenuto - andante)
B - O Desespero (allegro moderato)

C - O Desalento (allegro moderato - andantino)
Nº3 - A ASCENSÃO DA SERRA
A - A Ascensão e o Descanso (allegro vivo - andantino - allegro agitato) O Descanso (allegretto grazioso) Recomeça a Ascensão (allegro vivo)

B - A Admiração (allegretto - allegro)
Nº4 - O PORTAL DO MOURO
A - A Canção do Mouro (andantino)
B - A Expansão (adagio - andantino - adagio - moderato risoluto)
Nº5 - A PONTE LEVADIÇA
A - O Tropel de Cavalaria (allegretto moderato)
B - A Descida da Ponte (allegro - andantino)
Nº6 - GLÓRIA ÀS QUINAS
A - O Voto Real (allegro agitato - largo grandioso - andante - moderato religioso)
B - Dissipa-se o Nevoeiro (moderato)

C - Avista-se a Caravela de Vasco da Gama (allegro un poco vivo)
D - Gloria est Patria (allegro)

--

12 DEZ | Domingo 16h00
A designar

--

19 DEZ | Domingo 16h00
RECITAL DE PIANO
Pelo pianista Raul Pinto
Chopin - Integral das Valsas

Na valsa, género originalmente característico dos salões vienenses oitocentistas, Chopin encetou uma primordial sátira, progredindo num desenvolvimento e linguagem, transformando esta dança numa música de salão parisiense, onde a poesia nos é servida com um refinamento ímpar.

--

22 DEZ | Quarta-feira 16h00
RECITAL DE NATAL
Pelo pianista Raul Pinto
Franz Liszt - Árvore de Natal

--

26 DEZ | Domingo 16h00
Não haverá apresentação de Música na Quinta

--

29 DEZ | Quarta-feira 16h00
RECITAL DE FIM DE ANO
Pelo pianista Raul Pinto
Ernesto Nazareth - Valsas, Tangos e Chorinhos

Nazareth deixa uma obra essencialmente pianística, de estilo chopiniano. Na valsa retrata uma poesia lírica e empolgada. No tango Brasileiro configura
ritmos sincopados, cheios de graciosidade, acompanhando por deleitáveis melodias.
Deixo as palavras do musicólogo Mozart de Araújo: "As características da música nacional foram de tal forma fixadas por ele e de tal modo ele se identificou com o jeito brasileiro de sentir a música, que a sua obra, perdendo embora a sua funcionalidade coreográfica imediata, se revalorizou, transformando-se hoje no mais rico repositório de fórmulas e constâncias rítmico-melódicas”.