Ciclo de Conferências: 100 anos da Morte de António Augusto Carvalho Monteiro

Ciclo de Conferências: 100 anos da Morte de António Augusto Carvalho Monteiro
LOCAL: Sala da Renascença do Palácio da Quinta da Regaleira ACESSO: Gratuito (mediante inscrição prévia obrigatória para o e-mail producao@cultursintra.pt)
OUTROS
DATA: 20/03/202018/12/2020 HORÁRIO: Sextas 18h30

[ EVENTO EM FASE DE REAGENDAMENTO ]

Como é do conhecimento público, Portugal encontra-se numa situação de introdução múltipla e transmissão local limite relativamente à infeção pelo novo coronavírus COVID-19.
Assim, informamos que, por deliberação do Conselho Diretivo, a partir do dia 12 de março (inclusive), a Fundação Cultursintra FP, suspenderá a realização das atividades de cariz cultural, independentemente do número de participantes, nos espaços sob gestão da Fundação Cultursintra FP.
Mais, informamos que os ingressos em atividades culturais agendadas a partir dessa data e já pagos serão objeto de devolução.
A medida acima referida estará em vigor até comunicação em contrário.

____

Ciclo de Conferências
Pela Alagamares Associação Cultural

20 MAR, 17 ABR, 16 OUT, 20 NOV, 18 DEZ 2020
Sextas 18h30

No ano em que se assinala o Centenário da Morte de António Augusto Carvalho Monteiro, figura singular no panorama cultural português, a Fundação Cultursintra FP, em parceria com a Alagamares Associação Cultural, promove um ciclo de conferências a ter lugar na Sala da Renascença da Quinta da Regaleira.

Duração: 90 min aprox.

--

20 MAR
A Regaleira e a Maçonaria Templária
Conferência pelo Prof. José Manuel Anes

Autor e coautor de cerca de 30 livros e artigos no domínio das espiritualidades e religiosidades alternativas, de entre os quais se referem “Re-criações herméticas I e II” (1996, 1997), ambos na Hugin eds. – e que serão reeditados brevemente na editoria Zéfiro -, “Fernando Pessoa e os Mundos Esotéricos” (3ª. Ed. 2006), “Um outro olhar – a face esotérica da cultura portuguesa (2006), ” “Os jardins iniciáticos da Quinta da Regaleira” (1ª. Ed. 2004, 2ª. Ed. 2006), “Mozart e os mistérios iniciáticos” (2007), “Alquimia, os alquimistas contemporâneos e os novos movimentos religiosos” (2009) – resumo da sua Tese de Doutoramento -, ”Guia simbólico da Quinta da Regaleira” (2010), todos na Ésquilo e na Eranos que lhe sucedeu e ainda “Uma Introdução ao Esoterismo Ocidental (Arranha Céus, 2ª. Edição, 2014)

17 ABR
A Mitologia Clássica na Regaleira
Conferência pela Profª Filomena Barata

Licenciada em História pela Faculdade de Letras de Lisboa, Mestrado de Arqueologia na Faculdade de Letras do Porto, em 1997. Fez a profissionalização em exercício do ensino secundário, no ano letivo de 1990/91, pela Universidade Aberta. Foi, desde 2011, técnica Superior da Direção Geral dos Bens Culturais da Secretaria de Estado da Cultura. É, desde setembro de 2016, técnica superior do Museu Nacional de Arqueologia.

15 MAI
A Regaleira e os Pilares do Cristianismo Português
Conferência por João Rodil

Investigador na área de história, etnografia e literatura, com obras publicadas sobre a história da região de Sintra, autor entre outros, de “Serra, luas e Literatura”, ”Sintra na obra de Eça de Queirós”, “Janas – Uma Aldeia, Um Clube, Uma História”, “Os Dias do Corvo” e do programa: Portugal Culto e Oculto da RTP 2.

16 OUT
Carvalho Monteiro, o Homem e a Obra
Conferência por Vítor Manuel Adrião

Licenciado em História e Filosofia, conferencista, escritor, presidente-fundador da Comunidade Teúrgica Portuguesa, diretor da Revista de Estudos Teúrgicos Pax, V\S\ das Ordens de Kurat (Sintra) e do Santo Graal (Portugal). 

20 NOV
Tarot e Astrologia na Regaleira
Conferência por Luís Resina

Desde 1975 que se dedica ao estudo do Simbolismo, das Histórias das Religiões e das designadas Ciências Herméticas. Frequentou o Curso de Filosofia da Faculdade de Letras de Lisboa, altura em que começou a dedicar-se à prática astrológica.
O interesse pela Astrologia surgiu pelo estudo da obra de Fernando Pessoa, investigador da área Esotérica e Astrológica, e também, pela necessidade de uma via que conduzisse ao auto-conhecimento.
Os estudos de Astrologia iniciaram-se através de um pequeno curso promovido pelo Centro Rosacruciano de Lisboa, em 1978.

18 DEZ
Regaleira, Mozart e a Flauta Mágica
Conferência por Carlos Otero

Carlos Otero nasceu em Lisboa e vive em Paris há mais de 40 anos, onde desenvolveu a sua atividade como ator, cantor lírico e encenador de teatro e de ópera. Com mais de 3.200 representações públicas em palcos tão distintos como o Teatro Nacional Popular, o Théâtre de la Ville, o Théâtre Marigny, o Festival Lírico de Aix-en-Provence e o Festival de Avignon, Carlos Otero trabalhou ao longo da sua carreira com nomes tão distintos como a atriz Edwige Feuillère, o ator e encenador Georges Wilson, ou ainda Jerome Robbins, produtor, realizador e coreógrafo da Broadway, onde apresentou, em 1969, no Théâtre Marigny, a comédia musical Violino no Telhado. Realizou e encenou no Théatre des Champs Elysées, de Paris, o drama “Themos” de Mozart, assim como a ópera “A Flauta Mágica”, representações que foram saudadas pela crítica como “tendo conseguido transmitir o essencial do aspeto sobrenatural e maravilhoso das obras primas de Mozart”. Licenciado em Musicologia pela Sorbonne, dedica-se atualmente à investigação musical e à encenação, e desenvolve o seu trabalho no sentido de transmitir a “boa mensagem” através da música. 

--

A Alagamares-Associação Cultural é uma associação com sede em Sintra, com 15 anos de existência, e mais de 300 associados que até hoje organizou e promoveu cerca de 200 eventos, entre tertúlias, debates sobre o Património, caminhadas, oficinas de teatro, lançamento de livros, conferências, roteiros ambientais, etc, tendo-se envolvido ativamente em causas cívicas como a campanha para o restauro do Chalé da Condessa, a classificação dos plátanos de Colares como arvoredo de interesse público, ou a campanha contra os abates de árvores na Lagoa Azul. Sem fins lucrativos, é uma associação laica e apartidária, com base no voluntariado e colaboração com os agentes culturais e as instituições, mormente as do concelho de Sintra.